AGENDE SUA VISITA 4994.8157

Dia do Professor

“Enquanto ensino continuo buscando, reprocurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para para constatar, contatando intervenho, intervindo educo e me educo. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar ou anunciar a novidade.” Paulo Freire

No dia 15 de outubro comemoramos o Dia do Professor, por isso gostaria de falar um pouco sobre essa profissão e o papel do professor no mundo contemporâneo e na nossa escola.

O professor é um personagem essencial ao contexto escolar. Seu papel está em constante transformação, já que a escola é uma instituição dinâmica que sofre influências de todos os setores da sociedade, das modificações políticas, sociais, econômicas e culturais.

Ao longo da história, essa atividade teve uma importância muito significativa. Se pensarmos desde os primórdios, mesmo antes da escrita, o professor, que poderia ter vários nomes diferentes, era alguém responsável por transmitir os valores e preparar o individuo para conviver dentro dos parâmetros de cada grupo.

Com o surgimento das instituições de ensino formal, a profissionalização do professor tornou-se cada vez mais necessária e digna de preocupação de intuições e do poder público.

Com as transformações que temos vivido nas últimas décadas, o advento da tecnologia e um novo aluno que vem para a escola, o papel do professor tomou um novo rumo. Ele deixa de ser o detentor do saber e passa a ser um mediador de situações de aprendizagem que colaborem para que o aluno possa desenvolver diversas habilidades e competências que serão fundamentais para os novos desafios desse século.

Isso exige muito dos professores. A primeira tarefa está na necessidade de romper com a modelo de professor que todos eles tiveram e construir uma nova atuação dentro da escola. Exige muito estudo e empenho para que a construção desse novo papel possa atender às demandas contemporâneas.

Um alerta é importante. Dizer que o papel do professor mudou, não significa dizer que ele é menos importante do que em outros tempos, e esse aspecto tem gerado muitos equívocos, dentro da própria escola e também de pais, alunos e da sociedade.

Não devemos nos esquecer de que, o professor é o profissional preparado e designado para conduzir o processo de educação formal. Professores são pessoas que escolheram essa trajetória profissional, dispostos a enfrentar todos esses desafios. É ele a autoridade em sala de aula, capaz de perceber os progressos de cada aluno e elaborar estratégias para que eles possam avançar em seu desenvolvimento. O trabalho do professor na condução dessa tarefa é muito minucioso e requer de todos nós respeito e valorização.

Muita coisa mudou, mas ninguém aprende o que cabe a escola, sem que um professor esteja à frente das decisões pedagógicas.

O Colégio Caminhar respeita e valida essa ação. Em nossa escola todos os profissionais são ouvidos e participam ativamente do Projeto Pedagógico, tem espaço e parceria da Direção para encaminhar seu planejamento e evoluir em seu ofício. Os colocamos em contato direto com a comunidade escolar, porque confiamos nessa comunicação e possibilitamos a participação em um processo de formação constante, com a aplicação prática do que é trabalhado. Entendemos que essa é a melhor forma de oferecer a esses profissionais condições para que possam transformar a escola num espaço de inovação e qualidade.

Deixo assim minha homenagem e admiração por todos que já integraram o quadro de professores desse Colégio e a todos os profissionais que tem a coragem de escolher esse caminho, não desistindo do sonho por um mundo melhor.

Sobre o Autor
Katia Zavanella Diretora pedagógica, formada em educação física e pedagogia.

Deixe um comentário

*

* captcha